Compartilhe!

Dave Grohl

Ouça “Slackers Password”, demo inédita de Dave Grohl gravada antes do Foo Fighters

Dave Grohl e Barrett Jones ouvindo demos antigas

Temos mais uma canção inédita de Dave Grohl na área!

Depois de liberar a primeira demo de “I’ll Stick Around” e váááárias outras raridades em seu canal, o produtor Barrett Jones acaba de postar uma cena cortada de Sonic Highways (2014) onde, junto com Dave, ouve as músicas “Watered it Down” (já revelada antes) e a inédita “Slackers Password”.

O canal de Jones está cheio de vídeos que mostram ele e Grohl desenterrando músicas de antes do Foo Fighters, e você pode conferir na playlist abaixo!

Por Stephanie Hahne

Novo álbum do Foo Fighters terá participação do(a) “maior popstar do mundo”

Dave Grohl ao vivo com o Foo Fighters. Foto: Reprodução

Cada notícia é um tiro: agora sabemos de mais um detalhe bem interessante sobre Concrete and Gold, novo álbum do Foo Fighters.

Em entrevista à BBC, Dave Grohl revelou que nono disco de estúdio dos caras está repleto de participações especiais. E para deixar a gente ainda mais curioso e com vontade de ouvir, Dave deixou escapar que vai rolar uma colaboração com um(a) popstar!

Olha aí o que ele disse:

“Alguns vão realmente surpreender vocês! […] Tem um que é provavelmente o(a) maior popstar do mundo e — não estou brincando — canta o backing vocals de uma das músicas mais pesadas do disco, e não vamos dizer quem é!”

Quem vem à sua cabeça: Adele? Beyoncé? Harry Styles? Bruno Mars? Vale lembrar que quem andou de papo com o rock foi a Lady Gaga após cantar com o Metallica no Grammy Awards deste ano. E também, lá em 2014, a cantora Lorde foi frontwoman do Nirvana durante uma música, na indução da banda ao Hall da Fama.

Concrete and Gold chega às lojas no dia 15 de Setembro, mas você já pode acessar a pré-venda clicando aqui.

Confira a tracklisting:

01. T-Shirt
02. Run
03. Make It Right
04. The Sky Is a Neighborhood
05. La Dee Da
06. Dirty Water
07. Arrows
08. Happy Ever After (Zero Hour)
09. Sunday Rain
10. The Line
11. Concrete and Gold

Por Stephanie Hahne

LEIA TAMBÉM: Confira na íntegra e traduzida a carta de Dave Grohl sobre o novo álbum

 

Este vídeo do Dave Grohl dançando com sua filha no show do Prodigy é o que você precisa ver hoje

Dave e Violet pirando ao som de “Nasty”, do The Prodigy. Screeshot do vídeo por @cwpdotcom/Instagram

Que Dave Grohl é um homem de gosto musical variado a gente sabe, mas você consegue imaginar o cara fritando em um show de música eletrônica? Pois rolou, e ele não estava sozinho!

Durante a passagem do Foo Fighters pelo Secret Solstice Festival, na Islândia, Dave foi flagrado pulando e dançando com a filha mais velha, Violet Maye, de frente para o palco onde o grupo de EDM The Prodigy se apresentava. O vídeo rolou enquanto os caras tocavam “Nasty”, hit do grupo, e a dupla parecia bem animada apesar da chuva. Assista ao fim da matéria!

Vale lembrar que Harper Willow, filha do meio de Grohl, também deu as caras pelo festival. Na metade do show dos Foos por lá, a menina de oito anos subiu ao palco para tocar bateria na cover de “We Will Rock You”, do Queen. Clique aqui para ver os vídeos e setlist da apresentação.

Por Stephanie Hahne

Dave Grohl: “gravaremos o novo álbum do Foo Fighters no estúdio, como uma banda normal”

Dave Grohl no estúdio 606, durante sessão de perguntas do Reddit

As aventuras do Foo Fighters durante as gravações dos últimos trabalhos foram bem interessantes. Em Wasting Light (2011), os caras gravaram em uma garagem e fizeram um documentário; em Sonic Highways (2014), a banda viajou por oito cidades dos EUA (colocando mais um documentário na conta); e o EP Saint Cecilia (2015) foi concebido no lobby de um hotel. Só que agora está na hora de “voltar ao normal”, não é? Pelo menos é isso o que pensa Dave Grohl.

Em entrevista ao jornalista Zane Lowe, pela Radio Beats 1, o frontman da banda comentou sobre qual será o novo conceito abordado pelo grupo no 9° disco de estúdio, já que os Foos estão sempre inovando. Sobre isso, Grohl foi direto: a inovação, neste momento, é ser “uma banda normal”.

Leia trechos da entrevista, transcritos pelo TMDQA!:

Nós falamos sobre isso. Fizemos o último disco [Sonic Highways] em oito cidades diferentes, e basicamente o álbum existiu para contar a história da música nessas oito cidades. Era mais profundo conceitualmente do que só entrar no estúdio e produzir um disco. Aí o álbum que veio antes [Wasting Light] nós fizemos na minha garagem, a gente fez aquele documentário, fui tudo sobre trabalhar com métodos analógicos e coisas assim. E o nosso último EP [Saint Cecilia] nós gravamos no lobby de um hotel em Austin, Texas.

Então agora o nosso pensamento foi, ‘Deus, se formos gravar novamente, de que forma vamos mudar as coisas?’ E para nós, mudar as coisas agora quer dizer entrar no estúdio e fazer um disco como uma banda normal. Esse virou o nosso foco. É tipo, agora nós podemos deixar de lado esses outros aspectos e só compor músicas e gravá-las em um estúdio como deveria ser.

Dave ainda comentou sobre a escolha de produtores nos álbuns da banda — sem revelar o responsável pelo próximo — e compartilhou uma memória interessante. Antes de gravar There Is Nothing Left To Lose (1999), os caras foram atrás de um produtor fodão e ouviram que “não poderiam ser produzidos”. Ao questioná-lo, ele respondeu: “vocês sabem o que estão fazendo, e fazem do seu próprio jeito. Então ninguém vai tentar se meter no meio e mudar isso.” O produtor dos últimos dois trabalhos da banda foi Butch Vig, que também é baterista do Garbage.

Como bons conhecedores da discografia do grupo, é certo dizer que a qualidade de um álbum do Foo Fighters independe do método de gravação. Mas ver esse rumo da banda de volta ao básico é muito interessante e deve render ótimos frutos!

O primeiro single de trabalho é a ótima “Run”, que já tem até clipe (veja abaixo). Até o momento, o nome do nono álbum ou data de lançamento ainda não foram divulgados.

Por Stephanie Hahne

Grunge de raiz: ouça a primeira música gravada por Dave Grohl, “Gods Look Down”

Quando se trata de material raro do Foo Fighters ou de seus integrantes, chega até a brilhar os olhinhos dos fãs. E quem nos agraciou dessa vez com uma música inédita e muito especial foi Dave Grohl!

O estúdio Laundry Room compartilhou por meio de seu canal no YouTube uma cena excluída da série/documentário Sonic Highways (2014), que conta nada mais, nada menos com a primeiríssima música escrita e gravada por um jovem Dave em 1989-90.

O nome da canção é “Gods Look Down” e, se você quer saber a opinião desta autora, lembra bastante a sonoridade do Alice In Chains e do Stone Temple Pilots, duas das maiores bandas do grunge ao lado do Nirvana. Durante o vídeo, Grohl ainda comenta que sua voz parecia “de menina”, e que suas “bolas não haviam descido ainda”.

O estúdio explica na publicação que esta é uma versão diferente e mais nova da que eventualmente foi lançada no álbum Fumble (1993), do Scream, banda que contou com Dave nas baquetas entre 1986 e 1990. O disco, no entanto, foi gravado em 1989, e por esse motivo traz uma versão mais antiga – e talvez até a primeira – de “Gods Look Down”.

É legal saber também que esta, aparentemente, foi a primeira música onde Grohl tocou todos os instrumentos na gravação.

Sem mais delongas, ouça abaixo e nos diga o que você achou: