Dave Grohl reúne membros do Nirvana para uma performance especial

Foto: Reprodução/Getty Images

Beck, St. Vincent e a filha de Grohl, Violet, se apresentam ao lado de Grohl, Krist Novoselic e Pat Smear no Art of Elysium Gala 2020

Loja Foo Fighters na Amazon

Os membros do Nirvana se reuniram em Los Angeles no último sábado para uma apresentação especial de apenas uma noite, quando Dave Grohl se juntou a Krist Novoselic e Pat Smear no Art of Elysium Gala 2020, um evento anual de arrecadação de fundos que conecta artistas com crianças e comunidades carentes.

Tocando diante de uma multidão extasiada no Hollywood Palladium que incluía todo mundo, de Billy Idol a Bella Hadid, os três tocaram um conjunto de cinco músicas dos hits do Nirvana, com Beck, St. Vincent e Violet Grohl (filha de Dave) assumindo os vocais principais do falecido Kurt Cobain. O evento marcou a primeira vez que o trio tocou junto desde Outubro de 2018, quando Novoselic se juntou a Grohl e Smear no palco para um bis de seis músicas durante o set do Foo Fighters no Cal Jam.

No sábado, St. Vincent iniciou o show com “Lithium”, a mesma música que ela apresentou na cerimônia de indução ao Hall da Fama do Rock and Roll do Nirvana em 2014.

Beck pegou o microfone para cantar “In Bloom”, com Grohl e Clark nos vocais de apoio, depois tocou “Been a Son” como a música que o colocou no “mais insano mosh pit [no Palladium]” quando o Nirvana tocou o icônico local Sunset Boulevard quase três décadas atrás.

Os membros do Nirvana se reuniram em Los Angeles no sábado para uma apresentação especial de apenas uma noite para ajudar a arrecadar dinheiro para caridade.

Grohl ficou atrás da bateria durante todo o set e não falou muito, embora Novoselic agradeceu à platéia por terem vindo e falou: “Um brinde à Kurt Cobain” (a platéia respondeu com entusiasmo). Quanto ao que reuniu a banda: “Não conseguimos resistir à tentação”, disse Novoselic.

Quando Grohl finalmente pegou o microfone, foi para apresentar sua filha Violet, que se juntou ao grupo no palco para apresentar “Heart-Shaped Box”. A adolescente rapidamente conquistou a multidão com sua disposição em sua versão angustiada da faixa, que foi lançada em 1993, 13 anos antes dela nascer.

O set terminou com o grupo tocando “The Man Who Sold the World”, de David Bowie, famosa pela versão cantara por Cobain para o MTV Unplugged do Nirvana em Nova York .

Mais artistas compareceram ao evento de arrecadação de sábado incluindo Cheap Trick, L7 e Marilyn Manson, que foram acompanhados por Shooter Jennings e Linda Perry para o “The Dope Show” e “Sweet Dreams (Are Made This)”. No tapete vermelho, Manson disse que estava animado por estar no mesmo evento que Grohl e cia: “Vi o Nirvana tocar com o Jane’s Addiction em Miami quando eles estavam na turnê ‘In Utero’”, ele lembrou, “e os caras sempre foram legais comigo. Infelizmente, nunca conheci Kurt [antes de morrer]”, continuou ele, “mas sou amigo da Courtney… provisoriamente”, acrescentando com um sorriso.

Dave Grohl e amigos se apresentam na The Art of Elysium Heaven Gala no Hollywood Palladium (foto: Andy Keilen/Rolling Stone)

Outros convidados, do Moby ao X Ambassadors, elogiaram o impacto do Nirvana não apenas na música popular, mas também em suas próprias carreiras.

“A primeira vez que você ouve a voz de Kurt Cobain, não pode deixar de se conectar a ela”, disse o vocalista do X Ambassadors, Sam Harris. “É apenas essa sensação visceral e poderosa que você deseja imitar.”

Quanto a Moby, ele credita o Nirvana – e alguns ex-colegas de quarto – por colocá-lo no rock. “Eu não descolado, mas quando eu morava em Nova York no final dos anos 80 e início dos anos 90, eu tinha colegas de quarto que eram esses roqueiros indie muito legais que tocavam My Bloody Valentine e Nirvana e todo esse rock indie super obscuro do final Anos 80 ”, explicou, acrescentando: “Eu nunca conheci Kurt, mas sou amigo de Krist e Dave, o que torna tão emocionante vê-los tocando juntos novamente. ”

Este foi o 13º ano da gala “Heaven” de The Art of Elysium. O tema deste ano foi “HEAVEN is Rock and Roll”, um tema com curadoria dos parceiros do evento, WE ARE HEAR, agência de publicação e administração, criada pela compositora Linda Perry e pelo produtor musical Kerry Brown. Os rendimentos da noite vão para o apoio à lista de programas da The Art of Elysium,  que emparelha artistas voluntários com comunidades ou indivíduos em meio a distúrbios físicos, sociais, emocionais ou mentais.

Nirvana setlist:
“Lithium”
“In Bloom”
“Been A Son”
“Heart-Shaped Box”
“The Man Who Sold The World” (David Bowie Cover)

Fonte: Rolling Stone

Loja Foo Fighters na Amazon