Compartilhe!

Foo Fighters se inspirou no astrofísico Neil deGrasse Tyson em novo clipe

O Foo Fighters investiu pesado na vibe metafísica para o clipe e toda a divulgação em torno do novo single “The Sky is a Neighborhood”. A inspiração? O icônico Neil DeGrasse Tyson.

Dave Grohl contou à Rolling Stone que ficou viciado no trabalho do astrofísico após uma entrevista do cara para a revista Time, em 2012, quando revelou um “fato incrível sobre o universo”:

Basicamente, falava que os átomos que compõem a vida na Terra e compõem o corpo humano são rastreáveis até os primórdios do nosso universo. Estrelas que se tornam instáveis, colapsam, explodem e simplesmente espalham suas entranhas, seus ingredientes fundamentais estão por todo o universo e formam sistemas solares, e as estrelas que orbitam os planetas têm os ingredientes para a própria vida. E quando você olha para o céu à noite, você percebe que você não é apenas parte do universo, mas o universo é também parte de você. Isso realmente mexe comigo.

Grohl também disse que a música foi escrita nos estágios finais da gravação de Concrete and Gold, e que também se inspirou no seu próprio hábito de observar o céu e as estrelas desde criança.

Ainda sobre o vídeo e sua fotografia, Dave comentou:

[…] Muito disso é baseado em sonhos que eu tive cerca de 20 anos atrás, onde eu estava caminhando por essa cidade costeira na Itália, perto do por do sol, as estrelas estavam aparecendo e então o céu simplesmente implodiu em milhões de OVNIs que se espalhavam. Então, todos simplesmente caíram no chão e olharam para cima, onde esses filmes sobre a evolução do homem foram projetados no céu, assim como dos novos territórios, e como eles serão divididos, e por que estamos aqui e como fomos criados. É um sonho meio louco que ficou comigo a minha vida inteira.

Sobre a produção do clipe, o frontman revelou ter sido feita sem o uso de CGI — e fora este custo a menos, ter o próprio vocalista como diretor do vídeo custou absolutamente nada para a banda!

Mas a pergunta que fica é… será que Dave Grohl pode virar diretor de filmes em tempo integral? Ele respondeu:

No ano passado, fui chamado para dirigir um longa-metragem e fiquei um pouco hesitante no início, mas acabei entrando no projeto. Comecei a trabalhar na produção e a montar um elenco com esses grandes nomes. E no começo, não tinha certeza se conseguiria fazê-lo. Assim que meu coração “clica”, eu apenas mergulho de cabeça no que quer que seja. E eu realmente trabalhei no roteiro e visualizei a história, mas não tive tempo para continuar.

Algum dia, vou acabar fazendo isso. Mas o Foo Fighters sempre entra no meu caminho. [risos]

Por Stephanie Hahne

Comentários

Comentários