Há 25 anos atrás o Foo Fighters se apresentava ao vivo pela primeira vez

A banda se apresentou no segundo andar de uma loja de barcos West Marine em Seattle para amigos e familiares.

Loja Foo Fighters na Amazon

19 de fevereiro de 1995 foi a data. O segundo andar de uma loja de barcos em Seattle era o local habitual. O evento? Foo Fighters realizando um show ao vivo pela primeira vez.

Como a maioria dos fãs sabe, o Foo Fighters começou como um projeto solo de Dave Grohl, gravando um álbum quase totalmente sozinho em outubro de 1994. Foi apenas mais tarde que ele decidiu formar uma banda que pudesse sair na estrada e tocar as músicas que ele tinha gravado.

Nate Mendel e William Goldsmith, do Sunny Day Real Estate, foram recrutados para a banda, assim como o ex-Germ Pat Smear, também membro do Nirvana. Durante o período de férias em 1994 e no início de 1995, os quatro passaram grande parte do tempo ensaiando, os três recrutas aprendendo as músicas que Dave havia escrito e os quatro tentando simplesmente se unir à banda.

No início de fevereiro de 1995, foi decidido que o Foo Fighters estava pronto para sua primeira apresentação ao vivo, apesar de não ter realizado um show ao vivo desde o final do Nirvana, e pelo fato de ninguém conhecer a banda ou as músicas, Dave optou por aliviar a pressão e realizar a primeira apresentação. somente para amigos e familiares.

“É engraçado quando sua nova banda decide tocar na frente das pessoas”, disse Grohl à Rolling Stone em uma entrevista de 2015 sobre o show. “No começo, é aterrorizante, e pensamos que a maneira mais confortável de tornar-se o Foo Fighters seria fazer uma festa no barril e esperar até que todos fiquem bêbados e começar a tocar essas músicas que ninguém nunca ouviu falar.” ele adicionou.

Com todos os quatro membros ainda sediados em Seattle na época, a cidade era o local óbvio para a primeira apresentação, mas em vez de ir para um dos muitos locais musicais famosos da cidade, Dave queria garantir que a festa fosse realmente privada, longe de qualquer olhar curioso – em particular a imprensa raivosa.

Quanto ao show em si, enquanto o setlist não está totalmente confirmado, Grohl afirma que eles tocaram “basicamente todo o primeiro álbum” mais os B-Sides recentes, ‘Winnebago’ e ‘Podunk’. Há alguns anos, surgiram algumas fotos do show, como visto no acima, com uma outra imagem aparecendo no ano passado, mostrando William na frente das janelas de blecaute DIY.

Por muitos anos, os fãs acreditaram que o desempenho foi gravado por um engenheiro contratado para trabalhar no show, mas nada apareceu, apesar dos melhores esforços.

Na entrevista da Rolling Stone em 2015, Dave Grohl confirmou que realmente havia uma gravação e observou que quando a ouviu pela primeira vez uma semana depois da apresentação, ficou “mortificado”. “Eu pensei que parecíamos ótimos e ouvi a gravação como ‘Ohhh. . . esse é o Foo Fighters? Temos que praticar. ‘”.

Grohl e o resto da banda tentaram encontrar uma cópia da gravação nos últimos anos, mas disseram à revista que “simplesmente não conseguiam colocar nossas mãos nessa porra”. Se a banda não conseguiu encontrar uma cópia, não é surpresa que os fãs não tenham conseguido.

Apesar de aparentemente estar envergonhado com o quão áspero soou na primeira audição, ele encontrou uma cópia que Dave revelou que pretendia lançá-la para o evento Record Store Day daquele ano. Em vez disso, a banda lançou ‘Songs From The Laundry Room’, um EP de quatro faixas com demonstrações de estúdio que ele gravou entre 1991 e 1994.

Nada mais foi ouvido sobre o show pelos canais oficiais por vários anos, presume-se que as fitas do show ainda se mostravam ilusórias. Isso foi até o CalJam Festival, em 2018, um festival de curadoria do Foo Fighters, realizado em seu segundo ano em San Bernardino, Califórnia.

Como parte do enorme evento temático do Foo Fighters, havia um museu para os fãs explorarem e verem vários objetos da história da banda – roupas usadas em videoclipes, pôsteres, fitas demo e muito mais.

Escondido em uma caixa de vidro, entre outros itens, havia duas cassetes, facilmente ignoradas por muitos olhos. A parte inferior dos dois era bastante indefinida, apenas com o título ‘Hey, Johnny Park!’. A fita superior, no entanto, foi o Santo Graal. “Foo Fighters 19/02/95 1º show”. Parecia que uma cópia havia sido obtida.

Foto: Michael Yanoska

Também escrito no papel estava ‘Nate’, com a suposição de que era a cópia pessoal de Nate que ele havia escondido em algum lugar desde 1995 e encontrado. Seja como for, parece que agora existe a possibilidade de os fãs poderem ouvir o primeiro show do Foo Fighters, sempre um momento significativo na história da banda, por melhor ou ruim que seja.

Será que vai acontecer hoje, no 25º aniversário do show, ou ficaremos esperando ainda mais, talvez o Record Store Day 2020 em abril? Só podemos cruzar os dedos e ter esperança!

Fonte: Reproduzido com autorização do FooFightersLive

Loja Foo Fighters na Amazon